QUEM SOMOS

REDE NACIONAL DE OPERADORES DE SEGURANÇA PÚBLICA LÉSBICAS, GAYS, BISSEXUAIS, TRAVESTIS, TRANSEXUAIS, INTERSEXOS E MAIS (RENOSP-LGBTI+)

          A RENOSP-LGBTI+ é a livre associação de agentes LGBTI+ que trabalham nas diversas instituições de segurança pública no Brasil, criada para o enfrentamento da LGBTIfobia no país e para a garantia da liberdade de orientação sexual e de identidade de gênero no âmbito da segurança pública.

O surgimento da rede ocorreu no II Seminário Nacional de Segurança Pública sem Homofobia-II SENASEP, realizado pela Secretaria Nacional de Segurança Pública-SENASP e Ministério da Justiça-MJ, por intermédio do Grupo de Trabalho de Combate à Homofobia-GTCH, realizado no Rio de Janeiro, no ano de 2010, que aconteceu concomitantemente ao I Encontro Nacional de Operadores de Segurança Pública LGBTs, também promovido pela SENASP.

          Neste primeiro encontro foram nomeados o coordenador nacional e os coordenadores estaduais, com representatividade em vários estados e no Distrito Federal. Desde então, ainda com a denominação RENOSP LGBT, buscou sedimentar-se, o que inicialmente se daria pela publicação de uma portaria do Ministério da Justiça, conforme estabelecido no II SENASEP. Porém, tal publicação nunca aconteceu, o que não impediu que a RENOSP continuasse a se organizar, crescer e a se articular.

          Durante esses oito anos a RENOSP-LGBTI+ enfrentou e venceu uma série de obstáculos para sua estruturação e em 2018 chegou à sua maturidade e tornou-se uma associação sem fins lucrativos, com personalidade jurídica de direito privado. Atualmente a RENOSP possui representatividade em diversos estados brasileiros e no Distrito Federal, tendo membros de diversas forças de segurança (Militares das Forças Armadas, Policiais Federais, Policiais Militares, Bombeir@s Militares, Policiais Civis, Policias Rodoviários Federais, Guardas Municipais, Agentes do Sistema Penitenciário, Perit@s criminais, Legistas, Papiloscopistas e Policiais Legislativos).

          Em 6 de dezembro de 2018 a RENOSP-LGBTI+ realizou o II Encontro Nacional de Operadores de Segurança Pública, na sede do Ministério da Justiça, em Brasília, no qual houve deliberação pela mudança do nome da rede para RENOSP-LGBTI+, de forma a contemplar outras identidades. Também foram definidas alterações estatutárias e eleit@s @s ocupantes dos cargos da rede para o biênio 2019-2020.

Também foi realizado em 7 de dezembro de 2018, na sede do Ministério dos Direitos Humanos, em Brasília, o III Seminário de Segurança Pública sem LGBTIfobia, que teve como tema “Direitos humanos e diversidades: perspectivas democráticas para a segurança pública brasileira, e discutiu aspectos relevantes da segurança pública brasileira com foco na promoção de direitos humanos e no combate à LGBTIfobia. Os convidados palestrantes foram especialistas em ramos do conhecimento conectados com a realidade da segurança pública brasileira e com a pauta dos direitos humanos.

          A RENOSP-LGBTI+ tem caráter democrático, consultivo, informativo, mobilizador, preventivo e assistencial. É autônoma, não vinculada a partidos políticos, grupos religiosos e/ou quaisquer entidades cujos fins não digam respeito às suas finalidades institucionais. A rede funciona sem qualquer auxílio ou subsídio público e seus membros são tod@s voluntári@s.

OBJETIVOS INSTITUCIONAIS

 

          Representar os operadores de segurança pública LGBTI+ diante das questões relacionadas à segurança pública para esta população em todo território nacional, em todas as esferas e instâncias dos poderes públicos federal, estadual e municipal;

          Atuar no âmbito das instituições de segurança pública sempre que forem denunciadas práticas discriminatórias baseadas em LGBTIfobia dentro das instituições;

          Tornar-se referência na produção de conhecimento e propagação de boas práticas pautadas no respeito à diversidade e à dignidade da pessoa humana;

          Criar uma rede de apoio e suporte por parte dos operadores de segurança pública LGBTI+;

Criar ações concretas que possam fomentar a garantia dos direitos e proteção das pessoas LGBTI+ no Brasil;

          Promover os direitos humanos.

​"Ninguém nasce odiando outra pessoa por causa da cor de sua pele, sua origem, sua religião ou sua orientação sexual e identidade de gênero."

Nossa Missão

Enfrentar a LGBTIfobia social e institucional no país por meio da construção e compartilhamento de conhecimento especializado, apoiando e desenvolvendo ações para esse enfrentamento, e compor uma agenda de atuação na defesa de direitos humanos e de construção da segurança pública brasileira que contemple a diversidade.

 

Nossa Visão

Compreendemos o valor simbólico de uma Rede Nacional de Operadores da Segurança Pública LGBTI e a importância da cooperação desses operadores na construção de instituições de segurança pública pautadas em valores republicanos e plurais. Em nenhuma hipótese cogitamos lutar contra nossas instituições. Ao contrário, desejamos ser colaboradores para que as instituições de segurança pública no Brasil possam cumprir suas atribuições constitucionais. Por isso as temos como parceiras no enfrentamento de práticas excludentes em marcadores político-sociais hierarquizantes e subalternizantes e, portanto, somos cientes da nossa responsabilidade e capacidade de propor estratégias que sejam incluídas em cada uma dessas instituições para o desenvolvimento de um país mais democrático e livre da LGBTIfobia. 

Renosp LGBTI

SCN Qd. 4, B, nº 100, 12º Andar, Centro Empresarial Varig, Brasília-DF CEP: 70.714-900

Email: contatorenosplgbti@gmail.com

Phone: +55(61)991-069-949

© Website criado por Tiago Leme, Welington Simões e Itamar Matos

REDE NACIONAL DE OPERADORES DE SEGURANÇA PÚBLICA LGBTI+